Menu
Sábado, 19 de junho de 2021

Para frear violência contra mulher em Coxim, Assembleia une forças com Prefeitura, Câmara e subsecretaria

A violência contra a mulher é um tema que ainda assombra a vida de milhares

03 de Mar 2021 - 18h:34 Créditos: Assessoria
Crédito: Wagner Guimarães

A violência contra a mulher é um tema que ainda assombra a vida de milhares de sul-mato-grossenses todos os anos, e a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) tem cumprido seu papel de mobilizar o poder público e a sociedade civil para buscar soluções para este grave problema.

Nesse sentido, o presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB), recebeu, na tarde desta quarta-feira (3), o prefeito de Coxim, Edilson Magro, o vice-prefeito, Flávio Dias, o presidente da Câmara Municipal, vereador Willian Meira, o vice-presidente, vereador Flávio Duarte, e a subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja, em uma união de esforços para traçar estratégias, não somente de combate à violência, mas de estímulo à autonomia financeira das mulheres, no município.

“Assembleia Legislativa cumpre seu papel de trabalhar por um Estado mais justo e com mais proteção para as mulheres. O prefeito Edilson e o presidente da Câmara, vereador William, nos procuraram com solicitação de um trabalho no município que chamasse a atenção no município para essa luta contra a violência doméstica. O governo Reinaldo Azambuja, por meio da subsecretaria das Mulheres, comandada pela competentíssima Luciana Azambuja, se prontificou a nos atender e fazer toda articulação necessária para levar até Coxim instrumentos que possa, efetivamente, contribuir para por fim à violência contra mulher”, afirma.

No encontro, ficou definida uma reunião local, que será realizada em abril, com presença de representantes do Executivo Municipal e do Governo do Estado para alinhar estratégias. “A pedido do presidente, pactuamos uma reunião local, em Coxim, em abril, onde teremos a presença da rede municipal de atendimento à mulher, envolvendo a Segurança Pública, Câmara de Vereadores, entidades da sociedade civil e membros do Executivo Municipal para que a gente possa fazer um diagnóstico e alinhar parcerias e estratégias”, adiantou a subsecretária.

“Nossa preocupação não é só a Câmara de Vereadores, mas também o aumento dos casos de violência contra a mulher no município. Nós procuramos a Dra. Luciana, junto com o grupo, para que possamos fazer um trabalho em defesa da mulher que é violentada. Fomos bem atendidos pelo presidente da Assembleia, deputado Paulo Corrêa, e direcionamos para marcar uma reunião com todas as autoridades para que possamos dar andamento às ações de defesa das mulheres”, pontuou o presidente do Legislativo Municipal.

O município de Coxim conta, atualmente, com uma coordenadoria e um Centro de Atendimento à Mulher, mantidos pela prefeitura. O núcleo foi implantado e mobiliado pelo Governo do Estado, com recursos do Governo Federal, como parte do pacto nacional de enfrentamento à violência. Também participaram da reunião as assessoras da Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, Raiza Espíndola e Melânia Araújo.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias