Menu
Terça, 27 de outubro de 2020

A vacina da covid-19 não será obrigatória

Porém a vacina será incentivada

03 de Set 2020 - 10h:53 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, afirmou ontem (2), que uma futura vacina para a Covid-19 "não é obrigatória", mas ressaltou que o governo irá incentivar a imunização como "um grande instrumento" para a volta da sociedade à normalidade. Ele fez as declarações durante a parte de "considerações finais" de uma coletiva de imprensa realizada de forma virtual em Brasília.

O tema da recusa à vacinação veio à tona ontem, após a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) reproduzir, em uma peça publicitária nas redes sociais, uma fala do presidente Jair Bolsonaro de que "ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina". Franco fez um breve relato da importância de se vacinar.  

“Como nós temos agido até o momento, e assim continuaremos, incentivaremos a vacina para imunização da população. Caso contrário, poderemos ter o risco da volta de doenças que já haviam sido erradicadas do país, como aconteceu com o sarampo recentemente. Mas lembramos também que a vacina não é obrigatória, mas vai ser um grande instrumento para que voltemos à nossa normalidade dentro da sociedade, dentro da capacidade produtiva, dentro da educação”, afirmou Franco.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias