Menu
Segunda, 20 de setembro de 2021

“Vou pagar o que eu devo, não me mata”, Ticolé implorou pela vida antes de ser assassinado a facadas

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Ticolé não resistiu e foi a óbito.

04 de Set 2021 - 13h:40 Créditos: Linckon Lopes
Crédito: Reprodução

Identificado apenas como “Ticolé” foi morto a facadas no início da tarde de ontem (3) no bairro Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Campo Grande. Ele foi visto discutindo com o autor do crime por conta de uma dívida.

Ticolé correu e invadiu uma casa para tentar se esconder do autor, no entanto, foi atacado a golpes de faca. Após ferir a vítima o autor foi embora andando como se nada tivesse acontecido.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Ticolé não resistiu e foi a óbito. Ele tinha um ferimento no ombro, no tórax e na mão.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias