Menu
Domingo, 09 de maio de 2021

Jornalista é ameaçado enquanto fazia transmissão ao vivo

O caso aconteceu hoje (5) em Praia Grande, litoral de São Paulo.

05 de Abr 2021 - 19h:34 Créditos: Linckon Lopes
Crédito: Reprodução/PG no Grau

Um Jornalista, identificado como Antônio Cassimiro Bezerra Filho, de 54 anos, foi ameaçado, por dois homens na porta de uma agência da Caixa Econômica Federal, enquanto fazia uma transmissão ao vivo da aglomeração no local e demora do atendimento, nesta segunda-feira (5) em Praia Grande, litoral de São Paulo. 

Segundo apurado, por volta das 12 horas, Antônio estava em frente a Caixa Econômica localizada na Avenida Costa e Silva, bairro Boqueirão, em determinado momento, enquanto fazia a live, dois homens se sentiram incomodados com a presença do profissional, e começaram ameaça-lo e xingá-lo, dizendo para ele sair do local, e um dos indivíduos até empurrou o profissional da imprensa. 

O Jornalista, relata ainda que os dois autores, começaram a dizer que ele queria se aparecer, mas explicou que só queria ajudar a população e que não poderia impedir o trabalho da imprensa. Policiais foram chamados e foram até local, mas disseram que não poderiam fazer nada, os dois homens ainda debocharam dos policiais, falando para chamar o exército. 

Uma equipe da GCM, estava próximo do local, foi quem atendeu a ocorrência e abordou os dois indivíduos que ameaçaram e agrediram o Jornalista, já que equipe da polícia militar se retirou do local.

Ainda segundo informações, os dois autores não usavam máscara, e foram autuados por descumprirem a legislação que obriga o uso da proteção na cidade, lavrado ainda, o crime de ameaça e agressão. 

Agressão contra á Imprensa 

É extremamente complicado reportar fatos, dores das pessoas, principalmente em meio da pandemia. É extremamente complexo fazer uma cobertura editorial, acompanhar bastidores do poder, fazer checagem incansável de informações. Tudo para oferecer a leitor, telespectador, uma informação que possa ser relevante.

O cenário é grave, e preocupante, o Jornalismo nunca deixou de ser uma profissão de risco, diante das ameaças. Por isso é preciso revisitar a máxima de George Orwell: “Jornalismo é publicar o que alguém não quer que seja publicado, todo o resto é publicidade”.

É obvio que as pessoas questionem a cobertura, que inquietem com as linhas editoriais, mas é dever de todos nós, respeitar o trabalho de quem se arrisca diariamente para levar a informação correta, confiável e de qualidade. 

Cremos que a postura adotada pelos policiais não representa os demais, mas a atitude da GCM é de se contemplar com tamanha solidariedade e compreensão dos fatos, não compactuamos com os agressões, opressores que querem censurar á imprensa. 

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias