Menu
Sábado, 08 de agosto de 2020

Isolamento de 38% é o segundo menor já registrado em Mato Grosso do Sul

O índice só fica atrás do 31,9% registrado no último dia do mês de abril.

06 de Mai 2020 - 11h:22 Créditos: Redação
Crédito: Divulgação

O número de pessoas adeptas ao distanciamento social em Mato Grosso do Sul fica cada vez menor. O monitoramento via geolocalização referente a segunda-feira (4) mostra taxa de isolamento de 38,4% no Estado. O índice só fica atrás do 31,9% registrado no último dia do mês de abril.  

Nos municípios do interior a movimentação foi alta nesta segunda. Bodoquena, com índice de 29,7%, foi a cidade onde menos pessoas respeitaram os protocolos de distanciamento, e Ladário onde mais pessoas permaneceram em suas casas com 52,2%. Percentual distante dos 70% recomendados por autoridades mundiais de saúde.  

Campo Grande registrou índice de 39% ontem, repetindo a mesma média de isolamento social das últimas cinco segundas-feiras. O histórico do mês de abril para os dias 6, 13, 20 e 27 foram: 42,1%, 37%, 40,8% e 38,5%, respectivamente.

Segunda maior cidade em número de casos, a população de Três Lagoas também tem seguindo pouco os protocolos de distanciamento social. Nesta segunda, apenas 36,6% atenderam ao pedido das autoridades de saúde. Historicamente, a média tem ficado abaixo dos 43% para o dia da semana.

Na mesma medida que há baixa adesão ao isolamento social e poucos adeptos ao uso de máscaras, cresce o número de casos confirmados do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul. Apesar de todas as medidas adotadas pela gestão estadual para enfrentar a pandemia, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) reforça que a única “vacina” disponível para enfraquecer o vírus ainda é a responsabilidade de cada um de manter os cuidados e permanecer em casa sempre que possível.  

A lista completa de municípios mapeados pela In Loco na segunda-feira pode ser conferida aqui

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias