Menu
Sexta, 07 de agosto de 2020

Barbeiro que matou Júnior Bitencourt é diagnosticado esquizofrênico.

Delegado que investiga o caso irá ouvir pessoas próximas aos dois e o cliente que estava no momento do crime

06 de Jul 2020 - 17h:39 Créditos: Redação
Crédito: Esquizofrênico, o assassino não estava se medicando e passou a usar droga e álcool. (Foto: Sidney Bronka)

O barbeiro Fernando Souza Gonçalves de 31 anos, foi preso ontem em uma barreira sanitária na Avenida Presidente Vargas, quando retornava de Itaporã para Dourados, depois de ser ouvido em depoimento onde confessou ter matado o secretário Municipal de Agricultura Familiar na tarde de sábado (4) em Dourados, Alceu Junior Silva Bittencourt de 36 anos.

O crime aconteceu no interior da barbearia de Júnior, que nas horas de folga trabalhava como barbeiro no salão de sua propriedade, quando Fernando chegou houve uma breve discussão entre os dois e então ele desferiu dois golpes no pescoço do secretário, havia um cliente no momento do crime.

Fernando teria abandonado o tratamento de esquizofrenia, e estava fazendo uso de drogas, de acordo com sua tia, com quem ele morava havia cinco anos, sendo que no momento em que foi preso, foi encontrado certa quantidade de maconha em seu carro. 

O delegado que investiga o caso irá ouvir pessoas próximas aos dois e o cliente que estava durante o crime.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias