Menu
Quinta, 27 de janeiro de 2022

SES faz alerta para população cumprir medidas de biossegurança após aumento de casos de covid

Os reflexos destas comemorações de final de ano começam a ser sentidos agora.

07 de Jan 2022 - 07h:35 Créditos: Enfoque MS
Crédito: Reprodução

A Secretaria de Estado de Saúde, alerta a população quanto ao aumento de casos positivos para a Covid-19, registrado na primeira semana de 2022 em Mato Grosso do Sul. Segundo levantamento realizado pela SES, comparando a última semana epidemiológica de dezembro de 2021 com a do início deste ano, até o momento, a taxa de positividade subiu para 14% entre os exames RT-PCR realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul (Lacen/MS).

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, as equipes da Secretaria de Estado de Saúde estão acompanhado a evolução de casos e fazendo o monitoramento epidemiológico.

“Nossa equipe tem acompanhando toda a situação epidemiológica, não só da Covid-19, mas como do vírus da Influenza no Estado. O aumento de casos tem nos preocupado considerando que esta alta ocorre em razão da aglomeração das festas de final de ano e o relaxamento do uso de máscaras e ainda a falta de vacinação. Os reflexos destas comemorações começam a ser sentidos agora. Por isso, nós pedimos que as pessoas que ainda não se vacinaram, vacinem-se”, destaca Resende.

Conforme o levantamento realizado pela SES, em comparação com a semana epidemiológica 52, de 26 de dezembro a 1º de janeiro de 2022, o Lacen/MS realizou 1.860 exames, sendo deste total, 153 positivos, representando um índice de positividade para Covid-19, de 8,2%. Em comparação, com a primeira semana de 2022, de 2 a 6 de janeiro (parcial), o Lacen/MS analisou 1.876 exames, sendo que deste total, 273 positivos representando um índice de positividade de 14,6% para a Covi-19.

“Isto mostra que nós estamos com uma circulação viral importante em nosso Estado. Então, nós recomendamos que a população siga as orientações, como o uso de máscara, higienização das mãos e o distanciamento físico. Se previnam, tomem a vacina! Protejam a quem você ama”, destaca a secretária-adjunta da SES, Crhistinne Maymone.

Assim, percebe-se que para a Covid-19, os exames de RT-PCR realizados no Lacen/MS durante todo o mês de dezembro totalizaram 6.367 exames analisados, sendo 205 exames/dia, enquanto que nos primeiros cinco dias de 2022 referente a SE-01 já registrou 1.876 exames, sendo 375 exames/dia, ou seja, aumento de 83% na procura por exames no Estado.

Influenza

Outra preocupação é quanto aos casos de Influenza em Mato Grosso do Sul. O Estado infelizmente, já registrou seis óbitos recentemente por Influenza A (H3N2). Em comparação com as semanas epidemiológicas, última de dezembro 2021 e a primeira de 2022 (parcial porque se encerra no sábado), o Lacen/MS já registra ligeiro aumento.

Segundo o levantamento, de 26 de dezembro a 1º de janeiro de 2022, o Lacen/MS realizou 398 exames, sendo que destes, 187 foram positivos para a Influenza, o que representa índice de 47% de positividade. Já, no período de 2 a 6 de janeiro de 2022, o Lacen/MS realizou a análise de 295 exames, sendo que deste total, 141 foram positivos para a Influenza, com índice de 47,8% de positividade.

“Nós queremos pedir à população para que só procurem a unidade de saúde, caso tenham algum sintoma respiratório. É importante, que a população tenha a consciência que é preciso se vacinar e que é preciso fazer o uso das medidas de biossegurança. Os vírus estão presentes, estão em circulação, e precisamos que a população se proteja em nosso Estado”, conclui Geraldo Resende.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias