Menu
Quinta, 22 de abril de 2021

Garota conta na escola sobre os abusos que o seu avôdrasto cometia

A menina tomou coragem após ouvir uma palestra na escola

07 de Abr 2021 - 14h:45 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Imagem ilustrativa

Uma garota moradora de Cassilândia – MS tomou coragem e resolveu denunciar o avôdrasto, de 54 anos, dizendo que ele a estuprava.

De acordo com informações, a menina acabou contando os abusos, após ouvir em uma palestra da escola sobre abuso sexual infantil.  

O autor foi condenado a 11 anos e dois meses de prisão, porém no último dia 29 foi revertida a sentença para responder em liberdade e recorrer pelo crime livre.  

Os abusos estavam acontecendo desde maio de 2016, na época a criança tinha 10 anos.  

Quando os fatos aconteceram, a menor morava com a avó materna. E mesmo depois deles se separaram o homem continuava frequentando a casa.  

No buraco da fechadura do quarto o abusador espiava a vítima dormir e assim ele entrava no cômodo, tirava as suas roupas e passava as mãos nas suas partes íntimas.  

A garota era ameaçada pelo homem, para não contar a ninguém. Atos libidinosos eram praticados e fazendo-a gritar de dor.  

A vítima revelou que o avôdrasto se masturbou em sua frente e a obrigou a olhar.  

A estudante contou na escola para uma amiga sobre o que aconteceu e desse modo o conselho tutelar foi acionado.  


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias