Menu
Quinta, 22 de abril de 2021

Calendário de depósito e saques das 4 parcelas do Auxílio Emergencial

Os trabalhadores podem consultar se estão aprovados para a próxima rodada de pagamentos acessando o Portal de Consultas da Dataprev.

08 de Abr 2021 - 10h:52 Créditos: O Vigilante
Crédito: Divulgação

A Caixa Econômica Federal começou a pagar as novas parcelas do Auxílio Emergencial 2021, o pagamento foi feito nesta terça-feira (6) para os beneficiários inscritos via aplicativo, site e CadÚnico nascidos no mês de janeiro, no entanto, na quarta-feira não houve novos pagamos, os próximos pagamentos vão ocorrer apenas na sexta-feira (9) para nascidos em fevereiro.

Um detalhe que gostaríamos de acrescentar é que, muitos brasileiros tem comparecido às agências bancárias e lotéricas afim de sacar a parcela liberada pelo governo, no entanto, assim como ocorreu no ano passado, existem dois calendários distintos, sendo o primeiro deles o que o governo está liberando agora, de depósito em conta poupança social digital, e outro destinado ao saque em dinheiro e transferência bancária.

Outro ponto importante diz respeito aos brasileiros que não estão aprovados para a nova rodada de pagamentos, a contestação para tentar receber o auxílio emergencial é realizada de maneira online, não sendo necessário também o comparecimento às agências. Para realizar a contestação basta realizar a consulta, da seguinte maneira:

Os trabalhadores que desejam consultar se estão aprovados para a próxima rodada de pagamentos devem consultar da seguinte forma:

Acesse o Portal de Consultas da Dataprev;

Preencha seu nome completo;

Preencha o nome da mãe (caso não tenha registro de mãe, basta selecionar a opção Mãe desconhecida);

Data de nascimento;

Por fim, clique em em não sou robô e em enviar.

Atenção! Os trabalhadores que não foram aprovados para a nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial tem até o dia 12 de abril para contestar a decisão. Aprovados para o auxílio emergencial, tem até o dia 12 de abril para contestar a decisão. Se o trabalhador fizer a consulta e o resultado for “inelegível”, ele vai poder clicar sobre o botão “Contestar”.


Por: Jornal Contábil

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias