Menu
Quinta, 01 de outubro de 2020

Mato Grosso do Sul registra 85 casos confirmados de coronavírus e monitora 43 suspeitos

As informações divulgadas pela Secretaria são os dados oficiais consolidados do Estado que são repassados ao Ministério da Saúde.

09 de Abr 2020 - 11h:33 Créditos: Airton Raes
Crédito: Arquivo O Vigilante

Com mais cinco exames positivos para coronavírus (Covid-19), o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 85. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) monitora outros 43 casos suspeitos. As informações estão no boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (08.04) em coletiva de imprensa online com autoridades do Governo do Estado.

Os casos novos são do município de Três Lagoas e foram notificados em 06 de abril. Uma mulher de 40 anos, um homem de 43 anos, um homem de 35 anos, uma mulher de 81 anos e uma mulher de 91 anos. Todos tiveram contato com casos confirmados.



Dos 85 casos confirmados, 25 estão em isolamento domiciliar, 36 já finalizaram a quarentena e estão sem sintomas. 15 estão internados, sendo seis em hospitais públicos e 9 em hospitais privados. Sete pacientes tiveram alta hospital e foi registrado dois óbitos.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 796 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 656 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19 e doze foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde.

Os 43 casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas para o Lacen/MS, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e Coronavírus. O Lacen/MS realiza os exames para Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Os resultados ficam protos entre 24h a 72 horas, após o recebimento das amostras.

A Secretaria de Estado de Saúde publica o boletim epidemiológico referente às notificações de casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) diariamente. As informações divulgadas pela Secretaria são os dados oficiais consolidados do Estado que são repassados ao Ministério da Saúde.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias