Menu
Terça, 27 de outubro de 2020

Paulo Guedes quer antecipar feriados de 2020 e ideia preocupa empresários da cidade de Bonito

Decisão do Ministro da Economia pode prejudicar ainda mais o setor do Turismo, um dos mais atingidos com a crise do Covid-19 .

09 de Abr 2020 - 16h:17 Créditos: Redação, bonitoinforma.
Crédito: Foto web.

A possibilidade do governo antecipar os feriados de 2020 para o período da quarentena tem preocupado os empresários de Bonito e região. O Ministro da Economia, Paulo Guedes,  destaca que o objetivo seria minimizar os impactos econômicos com o isolamento social, mas na contramão, o setor do turismo, que foi um dos mais afetados com a crise da pandemia Covid-19 discorda e a decisão tem gerado ‘dor de cabeça’ para quem depende do turismo para sobreviver.

De acordo com o Presidente do IDB (Instituto de Desenvolvimento de Bonito) Guilherme Polli, a decisão de supostamente antecipar todos os feriados do ano vai prejudicar ainda mais o Turismo, setor que emprega milhares de pessoas e movimenta grande parte da economia de Mato Grosso do Sul.

 “Todos os empresários estão preocupados com a ideia do Paulo Guedes, pois ela será muito prejudicial a todo setor. Ela será negativa para o turismo e lazer, já que grande parte dos turistas viajam nos feriados e nós precisamos deles para cumprirmos com nossas obrigações mensais”, explicou Guilherme.

Ainda conforme o presidente do IDB o turismo está completamente parado em Bonito e região e ainda não existe uma perspectiva de quando tudo voltará ao normal, fator que pode se agravar caso os feriados sejam antecipados para o período da quarentena.

“É uma decisão que vai prejudicar o setor, mesmo sendo um dos que mais sentiu o impacto da crise. Não temos uma data, mas a recuperação do setor será de seis a oito meses. Precisamos dos feriados para o turismo tentar se reerguer”, disse Polli.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias