Menu
Segunda, 19 de outubro de 2020

Frigorífico de Bonito é interditado após funcionário contrair Covid-19 de caso confirmado em Guia Lopes

Segundo paciente é funcionário de empresa em Bonito que teve contato com colega em frigorífico em Guia Lopes

09 de Mai 2020 - 10h:38 Créditos: Redação
Crédito: Hospital Darci João Bigaton em Bonito - Foto: Divulgação

O frigorífico de Bonito foi interditado na noite ontem (8), após a Secretaria de Saúde do município confirmar que o segundo caso de Covid-19 na cidade trata-se de um trabalhador do estabelecimento. O paciente teve contato direto com o caso confirmado do frigorífico de Guia Lopes da Laguna, à 66 km de Bonito. Os exames foram feitos no Hospital Darci João Bigaton. 

Todas as pessoas que tiveram contato com o paciente foram colocadas em isolamento, assim como os funcionários do mesmo setor em que ele trabalha. O frigorifico não tem previsão de retorno. 

O primeiro caso na cidade foi confirmado na quinta-feira (7) e é um idoso de 83 anos. Toda a família do idoso foi submetida ao teste rápido e o resultado ainda não está disponível, porém todos permanecem em isolamento. Atualmente existem dois casos suspeitos, três descartados e 20 pessoas em isolamento na cidade. 

Em Guia Lopes da Laguna, o frigorífico Brasil Global concedeu férias coletivas aos 300 funcionários a partir de ontem (8), depois que cinco funcionários testarem positivo para Covid-19. 

Medidas 

Após o primeiro caso confirmado, novas medidas para evitar a prolíferação do coronavírus entra em vigor na próxima segunda-feira (11) e determina a obrigatoriedade de máscaras para todo a cidade e demais visitantes enquanto circularem pelas vias públicas e o toque de recolher a partir das 20h. 

Segundo o decreto Nº109/2020, o toque de recolher fica determinado entre as 20h e 5h, com exceção do sistema delivery, que poderá entregar até às 22h, desde que identificados o entregadores, por meio de crachá contendo foto, nome completo e empresa. O documento também prevê multa para quem divulgar ou compartilhar "fake news" sobre o coronavírus no município e destaca a proibição de aglomeração de pessoas em bares e conveniências. Conforme o novo decreto, esses locais podem atender exclusivamente no sistema pegue/leve ou delivery. 

Também fica proibida a aglomeração de pessoas em logradouros públicos, tais como praças e calçadas – incluindo da própria residência – para qualquer fim, seja ele roda de conversa, consumo de bebidas – destaque para o tereré – ou uso de narguilé e semelhantes.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias