Menu
Quarta, 20 de janeiro de 2021

Em SP prefeitura pede penhora de bens de Roberto Carlos

De acordo com informações é sobre o IPTU não pago

10 de Nov 2020 - 15h:38 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

A Prefeitura de São Paulo pediu a penhora dos bens do cantor Roberto Carlos por conta de uma dívida de IPTU, que já está avaliada em quase R$ 45 mil.  

A informação foi divulgada pelo jornalista Rogério Gentile e confirmada pelo R7 nesta terça-feira (10). No imóvel, localizado no Cambuci, região central da cidade, funciona um restaurante do cantor Ed Carlos, o "Reizinho da Jovem Guarda", apelido que ganhou ainda aos 13 anos.  

Em 2005, o cantor, que encerrou a carreira aos 35 anos, sofreu um AVC, mesma época em que a dona do imóvel rescindiu o contrato de locação. Assim que soube da situação, Roberto Carlos comprou o edifício, que tem três andares, e o cedeu ao amigo Ed Carlos sem nenhuma cobrança de aluguel.  

No passado, a Prefeitura entrou na Justiça contra o Rei para cobrar uma dívida referente a 10 prestações não pagas do IPTU em 2018, que, segundo a assessoria de Roberto, deveriam ter sido pagas pelo morador.  

O cantor falou que "o valor devido do IPTU em questão, foi devidamente parcelado e teve a sua primeira parcela quitada ontem (9) pela senhora Vânia, esposa do Ed Carlos".  

 

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias