Menu
Quinta, 04 de junho de 2020

Com bíblia na mão, pastor que fez esposa refém é levado para o presídio

Ele foi ouvido durante audiência de custódia segurando uma bíblia

13 de Mar 2020 - 16h:17 Créditos: Top Mídia News
Crédito: Arquivo pessoal

O pastor Jesus Dalnivo Coelho, 40 anos, passou por audiência de custódia na manhã desta sexta-feira (13), na Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) e teve a prisão preventiva decretada. Ele foi encaminhado para o Presídio de Campo Grande.

De acordo com a delegada Maíra Pacheco Machado, ele vai responder por cárcere privado, ameaça, divulgação de cena de pornografia se o crime é praticado por agente que mantem ou tenha mantido relação íntima de afeto com a vítima ou com o fim de vingança ou humilhação, registro não autorizado a intimidade, lesão corporal dolosa e ainda será incluso crime de tortura.

“Ainda será adicionado o crime de tortura porque a vítima ainda não havia sido ouvida. Ela veio até a delegacia durante a madrugada e prestou depoimento. Ela está machucada, contou que ele começou com ciúmes excessivo desde que ela fez uma cirurgia estética e começou a imaginar que ela tinha uma relação extraconjungal. Isso começou em janeiro deste ano e ontem, a situação se agravou”, diz a delegada.



Jesus é acusado de manter a esposa sob cárcere privado dentro de uma residência na tarde de ontem (12), no bairro Giocondo Orsi, em Campo Grande. Ele transmitiu as agressões ao vivo no Facebook e com uma tesoura na mão, disse que ia matar a esposa e se matar.

Dalnivo afirma no vídeo, que descobriu uma traição. Ele mostra imagens de cabelo no chão e a vítima chora ao fundo do vídeo. Os familiares assistiram a live e acionaram a Polícia.

Policiais do Bope tentaram dialogar com o suspeito, sem sucesso. Após duas horas, eles invadiram o imóvel, imobilizaram o pastor e resgataram a vítima em estado de choque. Ela foi levada para uma unidade de saúde. Jesus foi preso e levado para a Deam.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias