Menu
Domingo, 17 de outubro de 2021

Assassino de Policial Civil vai a júri dia 21; crime, ocorrido dentro de delegacia, chocou o MS

O crime teve grande repercussão na época, onde Sinpol realizou ações em delegacias do Estado.

13 de Out 2021 - 12h:20 Créditos: SINPOL/MS
Crédito: SINPOL/MS

Designado para o dia 21 de outubro, às 9 horas, o júri popular de Zosimo Pereira dos Santos, que em novembro de 2015 assassinou o policial civil Anderson Garcia da Costa, de 37 anos, dentro da delegacia de Pedro Gomes. O crime, que chocou toda a sociedade e teve grande repercussão, motivou uma série de ações desencadeadas pelo Sinpol contra a custódia de presos em delegacias do Estado.


“Foram vários atos e em assembleia foi decidido pela entrega das chaves das celas das delegacias,  resultando na Resolução da Covep (Coordenadoria da Vara de Execuções Penais) que determinou a redução da permanência de presos em delegacia. Hoje temos poucos presos em delegacias, uma vez que são destinadas ao atendimento ao cidadão vítima de crime e a estádia provisória de presos durante o período flagrancial”, diz o presidente do Sinpol, Giancarlo Miranda.

O investigador era natural de Cuiabá, no Mato Grosso, mas, aprovado em concurso, veio morar em Pedro Gomes e iria completar um ano na Polícia Civil de MS quando foi morto.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias