Menu
Sábado, 23 de janeiro de 2021

Saiba como proteger as suas redes sociais de invasores

Nunca use senhas óbvias

14 de Jan 2021 - 08h:30 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

Algumas dicas são fundamentais para evitar roubo de senhas nas redes sociais.  

Não use senhas em sequencia ou data de aniversário, que são as mais óbvias.  

José Milagre, advogado e perito em crimes cibernéticos, ressalta que:

“Hoje existe o ‘ataque de dicionário', onde os criminosos testam, através de programas, todas as palavras do dicionário para terem acesso à senha do usuário”.  

“Para evitar isso, é muito importante que a composição destes códigos tenha letras, números, caracteres especiais (como asterisco e travessão) e cerca de 10 dígitos”.

Usar senhas diferentes para cada rede social também é uma boa opção, pois caso alguma conta seja invadida, eles não terão como entrar em outro perfil seu.

No que diz respeito à proteção da conta, outra orientação é utilizar a autenticação de dois fatores.  

"Nós recomendamos a autenticação em duplo fator porque, caso o criminoso tenha acesso ao login e senha do usuário, ele vai precisar de mais uma informação para entrar na conta, informação essa que chegará especificamente ao dispositivo da vítima”, destaca José.

Outro cuidado é sobre usar computadores públicos, como por exemplo, do trabalho, que muitas pessoas deixam as informações salvas nele. Sempre que entrar em um perfil na internet nunca deixe senhas salvas nele.

Existem também links falsos, ou seja, são perfis criados online para chamar a atenção dos internautas, como propagandas enganosas e notícias falsas, que normalmente atraem os usuários para o golpe.

“O phishing vinha predominantemente por e-mail, mas de um tempo pra cá temos percebido ele muito presentes em aplicativos de mensagem como o WhatsApp e o Messenger. Logo, as pessoas precisam tomar cuidado com a curiosidade porque, a partir do momento que você acessa o link, você pode estar cedendo as suas credenciais de acesso aos criminosos”, ressalta José Milagre.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias