Menu
Segunda, 20 de setembro de 2021

CPI da Covid ouve advogado apontado como lobista da Precisa Medicamentos

CPI da Covid no Senado ouve nesta quarta-feira (15) o depoimento do advogado Marconny Albernaz Ribeiro, suposto lobista da Precisa Medicamentos.

15 de Set 2021 - 10h:54 Créditos: DAIANE SCHUINDT
Crédito: Assessoria

CPI da Covid no Senado ouve nesta quarta-feira (15) o depoimento do advogado Marconny Albernaz Ribeiro, suposto lobista da Precisa Medicamentos. Seu depoimento estava previsto, inicialmente para o último dia 2. Mas o advogado não compareceu e apresentou um atestado médico.

Após ter notado uma possível simulação por parte do paciente, o médico responsável pelo documento chegou a manifestar à CPI a tenção de cancelar o atestado do advogado.

Na segunda-feira (13), a Justiça Federal autorizou a condução coercitiva de Albernaz para prestar depoimento à comissão, caso ele não compareça novamente ao Senado.

O advogado supostamente atua como lobista da Precisa Medicamentos, intermediária do contrato entre o Ministério da Saúde e o laboratório indiano Bharat Biotech, fornecedor das vacinas Covaxin contra a Covid-19.

Albernaz também deve ser questionado pelos senadores sobre sua participação nas negociações da pasta com a Precisa para a compra de testes contra a Covid-19. O Ministério Público Federal aponta que ele teria encaminhado mensagens sobre o processo supostamente irregular para a aquisição de testes para o ex-funcionário da Anvisa Ricardo Santana.

Os senadores da comissão também querem entender qual a proximidade entre Albernaz e a família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), uma vez que ele teria ajudado o filho 04 do presidente, Jair Renan Bolsonaro, na abertura de uma empresa de eventos.

O advogado também seria próximo da mãe de Jair Renan, a ex-mulher de Bolsonaro Ana Cristina Valle, e também da advogada Karina Kufa, que já trabalhou para o presidente.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias