Menu
Quarta, 21 de outubro de 2020

Clonagem de WhatsApp afeta mais de 15 mil pessoas por dia

A clonagem está se tornando muito comum no Brasil

17 de Out 2020 - 15h:35 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

O dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital da PSafe, realizou um levantamento sobre o cenário da ciber segurança no uso do WhatsApp no Brasil referente a setembro deste ano.  

Somente no último mês, uma média de mais de 15 mil pessoas por dia foram vítimas desse tipo de ação. Em comparação com agosto deste ano, o número atual foi 25% maior.  

O estado de São Paulo, o mais populoso do país, concentra o maior volume de ataques - são 107 mil vítimas. Na sequência, aparece o estado do Rio de Janeiro, com 60 mil, e Minas Gerais com 43 mil.  

”A clonagem de WhatsApp é um golpe que começa com a engenharia social, um método de ataque em que uma pessoa mal-intencionada faz uso da manipulação psicológica para induzir alguém a realizar ações específicas, como compartilhar informações pessoais, baixar aplicativos falsos ou abrir links maliciosos", explica Emilio Simoni, diretor do dfndr lab.  


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias