Menu
Terça, 24 de novembro de 2020

Cachorro é arrastado preso à carroceria de automóvel de proteção ambiental

O prefeito da cidade se posicionou por meio das redes sociais e disse que o caso está sendo investigado.

18 de Mar 2020 - 14h:15 Créditos: g1
Crédito: Um vídeo mostrou o momento que o cão é arrastado ao ficar preso na carroceria do automóvel (Foto: reprodução/vídeo )

Um motorista filmou um cachorro da raça pit bull sendo arrastado por um carro da Autarquia Municipal do Meio Ambiente do município do Eusébio, na Grande Fortaleza CE, nesta terça-feira (17). O cão estava suspenso com uma corda amarrada no pescoço. Testemunhas afirmaram que o animal havia sido capturado após atacar uma pessoa na rua.

Acilon Gonçalves, prefeito do município, usou suas redes sociais para se posicionar sobre o caso. “Eu, que sou defensor da causa animal, não posso ficar omisso. Estou cuidando da apuração dos fatos e punição dos culpados para que isso não ocorra mais”, afirmou.

Nas imagens, é possível observar o cachorro sendo arrastado por vários metros em uma avenida do Bairro Timbu. Um motociclista que guiava seu veículo ao lado do carro da prefeitura percebeu a situação e avisou ao motorista. Os agentes da autarquia desceram do transporte e discutiram com moradores que reclamavam dos maus tratos.

Segundo Marcio Souza, da Sociedade Protetora Ambiental (SPA), o animal estava sendo transportado de forma inadequada, uma vez que deveria estar em um compartimento fechado para não correr o risco de pular ou cair com o veículo em movimento, o que, segundo ele, configura-se como crime ambiental.

O prefeito do Eusébio informou ainda no vídeo que a prefeitura deve adquirir um "veículo para transportar os animais".

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) está investigando o caso de prática de crime de maus-tratos. Equipes da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa dos Animais (Coani) da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (Sema) e de policiais civis da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) também trabalham nas investigações.



Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias