Menu
Sábado, 28 de novembro de 2020

A cada 10 minutos uma pessoa é assassinada no Brasil

Um aumento de 7,1% neste ano

19 de Out 2020 - 11h:04 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

No primeiro semestre deste ano as mortes violentas voltaram a crescer em todo o Brasil, segundo o Anuário de Segurança Pública, feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgado nesta segunda-feira (19).

Foram registrados 25.712 óbitos intencionais. Ou seja, teve um aumento de 7,1% em relação ao mesmo período de 2019.

Foram 110 policiais assassinados, uma alta de 19,6%, em comparação com o ano passado. E ao número de mortes decorrentes de intervenções policiais, foram 3.181 vítimas, um crescimento de 6%

“Somos um país profundamente violento e não conseguimos enfrentar o problema da violência de forma satisfatória”, afirma Renato Sérgio de Lima. “Basicamente, o Brasil vê um repique considerável, que não é pontual, pensando em um fenômeno nacional.”

Por causa das greves dos policiais o Ceará enfrentou em fevereiro um cenário de facções criminosas.   “As polícias precisam refletir sobre como oferecer um serviço de mais qualidade com melhores condições de atuação”, afirmou o pesquisador.

A violência contra a mulher teve uma queda de registros nas delegacias, ou seja, 9,9% de diminuição. Houve um aumento em números de feminicídios de 1,9%.

O Anuário registrou ainda um crescimento de 56,7% no volume de cocaína apreendida pela Polícia Rodoviária Federal, bem como um aumento de 128,3% no volume de maconha encontrado. Os totais de drogas apreendidos nesse período foram de 14 e 316 toneladas respectivamente.

 

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias