Menu
Sábado, 19 de junho de 2021

Levantamento da ACICG revela adesão significativa do comércio à Black Friday, mas empresários têm expectativa conservadora para vendas

85% dos comércios irão participar

19 de Nov 2020 - 16h:35 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Imagem Ilustrativa

Levantamento realizado pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) com empresários do comércio revela que 85% devem participar da Black Friday neste ano com ofertas, descontos e até parcelamentos especiais nas vendas. 

A data é considerada uma pré-venda para o período de Natal, e uma excelente oportunidade para os lojistas renovarem seus estoques antes do período de vendas mais importante do ano.  

A expectativa sobre o aumento nas vendas é conservador, mas revela a esperança dos empresários neste período atípico de fim de ano. 79% acreditam no aumento nas vendas durante a Black Friday, e 60% esperam vender até 10% mais, e 31% consideram que suas vendas aumentarão em até 20%.  

"Este ano realmente não tem sido fácil para o comércio. A pandemia impôs muitas mudanças e restrições, e as famílias alteraram seus hábitos de consumo impactando diretamente no dia a dia do comércio. Ainda assim, os empresários da Capital se mantém firmes em seus negócios e, apesar de uma expectativa conservadora de vendas para a Black Friday, muitos estão otimistas para o Natal, que é considerado o período mais importante para o comércio", comenta o presidente da ACICG, Renato Paniago.

A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 17 de novembro com empresários dos segmentos de vestuário, utilidades, eletrônicos, calçados, serviços, entre outros. As contratações de profissionais temporários também foram citadas no levantamento, e 85% das empresas afirmaram que vão ampliar suas equipes para a data.

Para atrair os consumidores, 44,3% dos entrevistados disseram que vão oferecer descontos em produtos e serviços; 45,4% vão investir em ofertas, e 14,7% vão conceder parcelamentos especiais nas vendas. Entre as empresas que darão descontos, cerca de 89% disseram que eles podem chegar até 50%. 

Já as empresas que vão oferecer parcelamentos especiais, 40% delas pretendem parcelar as vendas em até 10 vezes sem juros; 40% vão parcelar as vendas em até 12 vezes sem juros, e 20% vão oferecer condição de parcelamento em até 24 vezes sem juros.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias