Menu
Sexta, 27 de novembro de 2020

Mourão disse que não existe racismo no Brasil

O vice falou que o assassinato no mercado não foi por causa de racismo

21 de Nov 2020 - 09h:36 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

O vice-presidente Hamilton Mourão classificou como "lamentável" a morte de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos que foi brutalmente espancado até a morte por dois seguranças em um supermercado em Porto Alegre.  

Mourão, contudo, disse não ver racismo no caso, porque, de acordo com ele, não há racismo no Brasil.

Inicialmente, Mourão afirmou que a equipe de segurança do local estava "totalmente despreparada":

“Lamentável. A princípio, a segurança (estava) totalmente despreparada para a atividade que tem que fazer", disse o vice-presidente, ao chegar ao Palácio do Planalto no início da tarde desta sexta-feira.

Questionado se via racismo no caso, respondeu que isso é algo que tentam "importar" para o Brasil:

“Não. Para mim, no Brasil não existe racismo. Isso é uma coisa que querem importar aqui para o país."


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias