Menu
Quinta, 25 de fevereiro de 2021

Mãe presa por matar a sua filha é encontrada morta em cela de penitenciária

Uma agente a encontrou sem vida

23 de Fev 2021 - 16h:50 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

Na tarde de ontem (22), Jennifer Natalia Pedro, foi encontrada morta em sua cela prisional, pois a mesma foi detida em abril do ano passado, pela morte de sua filha de 1 ano e 10 meses.

Na época ela confessou que matou a criança e revelou onde escondeu o corpo. Durante abordagem policial a ré havia dado depoimentos controversos.

A autora estava detida na penitenciária de Tremembé, de São Paulo e o crime aconteceu no município de Itapira.  

A justiça havia determinado há duas semanas que Jennifer iria ser levada a júri popular.  

A criança nasceu com microcefalia e prematura, ela tinha que tomar remédios controlados.  

A mãe contou que tinha ido levar o seu filho mais velho na creche, deixou a menor com a avó, quando voltou para a residência encontrou a porta aberta e nem sinal dela.  

Depois, Jennifer mudou a versão e confessou que no dia anterior ao desaparecimento tinha dado para a filha um remédio para febre e uma mamadeira com leite. Ao acordar, ela disse que a filha já estava sem vida.

Durante o depoimento, ela contou que jogou o cadáver da filha no rio, e levou os policiais até o local. Na ocasião, uma busca foi feita, mas o corpo não foi encontrado.

Em abril, a autora deu uma nova versão para o crime e afirmou que havia enterrado o corpo de Ísis, que chegou a ser encontrado em uma área do bairro Duas Pontes, em Itapira.


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias