Menu
Quinta, 22 de abril de 2021

Polícia Federal investiga exploração de diamantes em terras indígenas

O esquema movimenta cerca de U$ 20 milhões por mês

25 de Set 2020 - 18h:04 Créditos: Roberta Ferreira
Crédito: Divulgação

Em Rondônia a Polícia Federal mira na exploração ilegal de diamantes, nas terras de índios.

Ao todo são cumpridos 53 mandatos de busca e apreensão no interior de Rondônia, em São Paulo, Roraima, Paraná, Piauí, Mato Grosso, Minas Gerais e Distrito Federal. Uma pessoa foi presa por porte ilegal de arma.

Os alvos da operação são:  indígenas, garimpeiros, intermediadores responsáveis por avaliar o valor das pedras preciosas e também por fazer a ponte com os compradores, e empresários.

Segundo informações da polícia, os indígenas autorizaram a entrada dos garimpeiros na reserva. Os diamantes são retirados ilegalmente das terras e passado por um intermediador.

A investigação começou no ano de 2018 e desde então foi identificado aproximadamente U$ 20 milhões por mês.  


Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias