Menu
Segunda, 26 de outubro de 2020

Ícone da Capital, Parque dos Poderes receberá cerca de R$ 1 milhão da Energisa para revitalizar iluminação pública

Convênio entre concessionária e Governo do Estado vai proporcionar economia de energia e segurança

27 de Ago 2020 - 13h:00 Créditos: Assessoria Energisa
Crédito: O Projeto de Eficiência Energética no Parque dos Poderes estimado em R$ 970.793,73

As luminárias das principais avenidas do Parque dos Poderes, que hoje possuem lâmpadas de vapor de sódio serão substituídas por luminárias de Led. A parceria entre a Energisa e o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), foi assinada na última terça-feira (25.08), na semana em que Campo Grande – a Capital de Mato Grosso do Sul – completa 121 anos.

O Projeto de Eficiência Energética no Parque dos Poderes estimado em R$ 970.793,73, é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e desenvolvido pela Energisa, no programa que incentiva o uso adequado e eficiente da energia elétrica, sem desperdícios.

A previsão é que as obras comecem em novembro. Além da economia estimada em 1.046,57 MWh/ano, a nova Iluminação Pública irá garantir mais segurança aos servidores que trabalham nos blocos administrativos situados em meio à reserva florestal e também aos pedestres que utilizam as pistas do Parque dos Poderes para práticas esportivas e passeios no fim de semana.  

"Celebramos com a nossa cidade essa parceria, que é de grande satisfação para a concessionária. Iremos substituir uma tecnologia antiga por outra mais moderna, já que as luminárias Led têm maior durabilidade e são também mais eficientes. Depois de instaladas, todos irão perceber que o grande ganho de luminosidade no Parque dos Poderes promove também mais segurança", afirmou diretor-presidente Marcelo Vinhaes.

Para o governador Reinaldo Azambuja a mudança na iluminação do Parque dos Poderes representa o início da revitalização total, proporciona segurança e é símbolo de uma economia sustentável. "Além da iluminação de Led, mais clara e abrangente, além de econômica, o Parque receberá outras obras, que compõe a lista de investimentos do Governo Presente, incluindo calçamento, asfalto, acessibilidade, sinalização, revitalização, entre outras iniciativas", reforça Azambuja. 

Nas proximidades, estão instalados os prédios da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Palácio das Comunicações, Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal de Contas e Quartel da Polícia Militar. As avenidas Afonso Pena e Mato Grosso dão acesso à reserva que, além de abrigar a nascente de córregos, apresentam extensa área de vegetação nativa onde espécies da fauna regional são preservadas em seu habitat natural.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias