Menu
Segunda, 01 de junho de 2020

Vigilante condenado em São Paulo por estupro acaba preso em MS

A prisão ocorreu após o vigilante ter sido intimado a comparecer na Delegacia

28 de Fev 2020 - 13h:52 Créditos: Da redação
Crédito: Divulgação

Na tarde de ontem (27), em Fátima do Sul, agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) prenderam um vigilante noturno de 43 anos.  

O vigia foi condenado a 18 anos de prisão pelo crime estupro ocorrido em 2011 no estado de São Paulo.

A prisão ocorreu após o vigilante ter sido intimado a comparecer na Delegacia para prestar contas sobre a sua atuação como vigilante na cidade e apresentar documentações pertinentes para regularização da prestação de serviço de segurança.

Na ocasião o vigia apresentou sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Ao analisarem o documento os policiais identificaram irregularidades que levantaram suspeitas.  

Pesquisas nos sistemas de identificação policial da Polícia Civil do MS com apoio da Polícia Civil de São Paulo, comprovaram que o vigia utilizava os dados de identificação de seu próprio irmão, no intuito de não ser identificado uma vez que era foragido da justiça paulista.

Segundo informações do SIG, o vigilante noturno responderá pelos crimes de falsificação de documento público e uso de documento falso.  

Ele também permanecerá preso na cadeia local e será encaminhado para o Presídio Estadual de Dourados para cumprimento da pena de 18 anos pelo crime de estupro.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias