Menu
Quarta, 30 de setembro de 2020

Miglioli quer produção de energia, empregos e receita com o tratamento do lixo de Campo Grande

Esse é um dos planos de Governo do Engenheiro Marcelo Miglioli

31 de Jul 2020 - 13h:26 Créditos: Assessoria
Crédito: Reprodução

O desenvolvimento de um projeto de melhor aproveitamento do lixo de Campo Grande, para gerar não só emprego e renda, mas também energia para indústrias, residências e receita para o próprio município, faz parte do plano de Governo do engenheiro Marcelo Miglioli, pré-candidato a prefeito da cidade pelo Solidariedade.

A proposta já é uma realidade que vem sendo explorada com sucesso em outros municípios brasileiros, como mais recentemente em Adrianópolis, bairro de Nova Iguaçu/RJ, onde foi inaugurado o sistema de produção de energia elétrica a partir do biogás produzido pela decomposição do lixo na Central de Tratamento de Resíduos (CTR).

A usina tem capacidade total de gerar em torno de 16,5MW, com potencial para abastecer aproximadamente 65 mil residências de padrão médio de consumo de energia. A CTR é administrada por uma empresa por meio de uma concessão da Prefeitura de Nova Iguaçu e foi o primeiro projeto do mundo aprovado através do Mecanismo de Desenvolvimento limpo (MDL), da ONU, de mitigação de gases de efeito estufa e venda de crédito de carbono. O local tem capacidade para receber 5 mil toneladas diárias de resíduos.

“Nada impede de executarmos semelhante projeto em Campo Grande. A cidade está muito atrasada nessa questão de reaproveitamento do lixo. A população poderia participar muito mais desse processo se houvesse maiores incentivos, financeiros inclusive”, afirma Miglioli dizendo que isso também é possível.

Hoje muitas residências e condomínios fazem a separação do lixo reciclável, mas ainda está muito longe do ideal. “Sem uma política municipal encabeçando o assunto e mostrando e oferecendo vantagens para a comunidade participar desse processo, não tem como evoluirmos”, afirmou o pré-candidato. Ele não tem dúvida que por intermédio de um projeto eficiente e sério, de produção de energia por intermédio do biogás, vai gerar grandes receitas sim ao município que poderá investir em obras de infraestrutura e qualidade de vida para a população.

Deixe um comentário


Leia Também

Veja mais Notícias